Conduzir um Ferrari
posted on: Jan 26, 2011 on category: Imagens


No passado verão, estive para fazer aqui um post relatando a minha experiência de condução de um Ferrari no Autódromo de Portimão. Na verdade o tempo foi passando, não editei o pequeno vídeo da minha passagem na recta da meta e acabei por não escrever nada sobre o assunto.

O carro que conduzi foi o Ferrari 360 Challenge. A escolha até acabou por ser casual, uma vez que o Nissan GT-R não estava disponível na altura, estava em exposição como se pode ver nas fotos. Não me recordo muito bem da potência do carro mas acho que andava perto dos 430cv. Na altura era o carro mais potente que tinha conduzido. O carro estava preparado para competição, com backets, cintos, pneus slicks, etc.

Andei uma volta ao lado para conhecer a pista e depois dei duas voltas ao circuito de Portimão, que desconhecia por completo. Foi uma surpresa e as curvas, mas principalmente os desníveis, fazem dele um circuito muito difícil. No final da curva 4, depois de uma ligeira subida numa curva cega, acelerei cedo de mais e depois de 2 ou 3 voltas fui à relva. Mas não aconteceu nada e o resto da volta foi espectacular.

Este mês no entanto tive outra surpresa e fui a uma apresentação da HP e Intel no circuito do Estoril. Depois da apresentação onde se falou da processadores, cloud computing e também de Blade Matrix da HP, estavam à nossa espera 5 fabulásticos carros: Ferrari 458 Italia, Aston Martin DBS, Ferrari 612 Scaglietti, Ferrari California e Porsche 911 turbo Cabrio.

Fomos divididos em grupos por 3 diferentes actividades, sendo que uma delas era a condução no circuito de um destes carros. A mim calhou-me o Ferrari 612 Scaglietti. Confesso que não seria o meu preferido à partida, talvez escolhesse o 458 Itália!

O Ferrari 612 Scaglietti tem motor V12 e dos carros que lá estavam era o mais potente, estando também com uma preparação de motor. A potência máxima deste Ferrari andava pelos 700cv. A experiência de condução foi excelente, adorei também conduzir este carro. A pista estava marcada com cones, com as trajectórias e a recta da meta limitada com uma chicane a meio para que não se atingissem grandes velocidades.

Gostei também particularmente do interior do 458 Itália, que está simplesmente perfeito.

As outras duas actividades estavam relacionadas com condução defensiva. Foi também bastante interessante e foi uma manhã em cheio. Deixo aqui algumas fotografias para depois me lembrar. Assim o meu record está agora nos 700cv. Fotos aqui:

Partilhar artigo:

Comments

Grande manhã, não é todos os dias que temos esse prazer.

Luis Neves
26 de Janeiro de 2011

Rui,

Parabens pelo artigo.

É uma pena que nao teve a oportunidade de conduzir o F458. Acredito que esta seja a melhor Ferrari já produzida.

Temos 2 delas, 2 outras F430, 2 Lamborghini’s Super Superleggera LP-560, 1 Aston Martin DB8, 1 Audi R8 e 1 Porsche Carrera 4S, Hummers e outros brinquesdo mais.

Todos os nossos clientes ficam encantados com o design do F458, mas o que realmente leva os clientes a loucura é o ronco do motor e a facilidade de conduzir desta maquina.

Temos alguns videos em nosso site: http://www.racingbox.com.pt

Espero que goste

cumprimentos

Jorge
25 de Março de 2011
Leave a comment

Powered by Wordpress.