Ensaio ao Toyota GT86 no AIA
posted on: Jul 16, 2012 on category: home, Informação

Na passada quarta-feira tive o prazer de me deslocar ao Autódromo Internacional do Algarve, para testar durante a sua apresentação em Portugal, o Toyota GT86. O convite foi-me endereçado pela Toyota, tendo-me juntado a outros bloggers e vencedores do passatempo do facebook que a Toyota implementou.

Publiquei um teste ao Toyota GT86 mais completo no tuning.online.pt, que poderás ler com mais detalhes.

Como a saída para o AIA se efectuava de Lisboa, fui na noite anterior, para não perder o horário de saída. À chegada ao Algarve, tínhamos o briefing para fazer, seguido do almoço. Deu logo para ver os 4 Toyota GT86 disponíveis, todos no laranja de apresentação.

Tinha o teste marcado para cerca das 15h30. Antes a Toyota brindou-nos com uma breve história dos desportivos da Toyota, seguida de uma apresentação das principais características do Toyota GT86.

O GT86 é um desportivo compacto de 2+2 lugares, um automóvel totalmente orientado para proporcionar prazer na condução. o GT86 retoma a tradição de modelos desportivos da Toyota através desta combinação (única em todo o mundo) de motor compacto dianteiro boxer (de cilindros horizontalmente opostos) atmosférico e muito rotativo movido a gasolina aliado a uma transmissão de tração traseira.

Enquanto aguardava pelas minha oportunidade, tirei várias fotografias ao carro, assim como à restante gama presente no evento, principalmente à gama Prius.

Chegou a minha vez, a primeira volta foi no lado do pendura, com um piloto experiente. Não era a minha primeira vez no AIA, mas confesso que é um circuito que ainda não tive oportunidade de decorar. Logo nessa volta deu para verificar todo o potencial do carro, que com pneus pouco vocacionados para a pista, apresentava um comportamento excelente.

Depois ao volante, deu para confirmar as características do carro. Muito fácil de conduzir, apontar para as curvas e até fazer correcções a meio. Em altas rotações, o motor é muito bom, talvez noutra altura tenha a oportunidade de conduzir em cidade e comprovar se o binário é suficiente para uma condução suave.

O ruído no interior faz-se bem ouvir, isto porque a Toyota incorporou um mecanismo que canaliza para o interior o ruído, através de um tubo.

Esteticamente o carro está agradável, embora não seja inteiramente ao meu gosto. No entanto acho que está bastante bem conseguido. Tem detalhes muito bons e todo ele foi pensado para as performances, aerodinâmica e reduzido centro de gravidade. Ao nível estético penso que a carroçaria está um pouco alta e as jantes são de reduzidas dimensões e estão muito para dentro na carroçaria. Nada que não se resolvesse com um upgrade para jantes 18’’ e pneus de maior performance, assim como da suspensão. Também acho que o diâmetro dos travões é um pouco reduzido, pelo menos quando comparado com o Audi TT com a mesma potência. Isto não significa que o comportamento dos mesmos não fosse suficiente, embora no AIA eles estivessem submetidos a esforços adicionais.

O interior também me surpreendeu, quer os materiais, quer o design dos vários componentes, algo que normalmente os veículos Japoneses não me convencem muito.

No geral acho que é um carro que vai ter muito sucesso, pelo menos poderá continuar a mística do Toyota AE86, um carro que ainda hoje é muito pretendido pelas suas características.

Partilhar artigo:

Comments

No comments yet.

Leave a comment

Powered by Wordpress.